Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Aparecido Rodrigues de Medeiros - PP
  • Vereadores
    14ª LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Aparecido Rodrigues de Medeiros
Próxima Sessão

Sessão Ordinária


Todas as Segundas Feiras

As 20:00 Horas

Data: 19/09/2017 Hora: 10:00:00
História do Município de Floresta

           

            A região, hoje correspondente à área territorial do município de Floresta, é parte integrante da área de colonização da Companhia de Terras Melhoramentos Norte do Paraná, atual Companhia Melhoramentos Norte do Paraná. As Glebas foram divididas em pequenas e médias propriedades que compunham lotes de 5 a 20 alqueires. Os primeiros lotes foram vendidos em meados da década de 40.
            O surto da expansão cafeeira foi o motivo principal da colonização, aí então migraram famílias do estado de São Paulo, Norte velho do Paraná (região de Jacarezinho), Santa Catarina e Minas Gerais entre muitos outros imigrantes provenientes de outros países. No limiar de 1951, mais precisamente a 27 de Dezembro, era lançada a primeira semente do que seria um dia a cidade de Floresta. Naquela data o Senhor Fukumatsu Kimura, japonês de origem, então comerciante estabelecido com o ramo de benefício de arroz, em Maringá, já de posse de uma serraria em fase de montagem na localidade, adquiriu também uma área anexa de cinco alqueires paulistas, que pertenciam ao Senhor Gregório Ferreira de Camargo.
            E nessa área de terras teve feliz iniciativa juntamente com seu irmão Sangoro Kimura e Tomikichi Kimura, um modesto empreendimento de iniciativa privada, mas que vinha de encontro à filosofia colonizadora da Companhia de Terras do Norte do Paraná. Nascia assim a VILA "FLORESTA". Era a época do surpreendente surto de progresso originado pelo verde dos cafezais disseminando dezenas de cidades e núcleos urbanos que antecedia a colonização ao avanço da Estrada Paraná - Santa Catarina. E essa febre do desbravamento atraía levas de migrantes paulistas, mineiros e nordestinos.

            O nome Floresta à localidade, à primeira vista derivado da inigualável exuberância de suas matas, tem na verdade sua denominação devida à razões sentimentais da família Kimura. Esta aportando em Santos como imigrantes no final de 1920, instalou-se na "Fazenda Floresta" na localidade de Engenheiro Brodosque, próximo a Batatais, São Paulo.
            No final da década de 50, Floresta alcançara o apogeu populacional, exuberância e força produtiva de seus cafezais e contando ainda com um comercio dos mais acentuados. Hoje Floresta conta com 5.129 habitantes e 3.600 eleitores. Fazendo jus a esse prodigioso desenvolvimento em 25 de julho de 1960, através da Lei Estadual n.4.245, do então governador do Estado, sr. Moisés Lupion, Floresta foi aquinhoada com sua emancipação político-administrativa passando de simples vila a município, sendo desmembrada de Maringá.
            Atualmente predomina mecanização agrícola com produção de soja, milho, trigo, etc.

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro